Bridgerton tem Semelhanças e Diferenças GRITANTES entre o livro e a 3ª temporada

Bridgerton, a aclamada série da Netflix, é inspirada nos romances de Julia Quinn e segue as aventuras românticas dos irmãos Bridgerton na Inglaterra regencial. A terceira temporada acabou de estrear com mais episódios surpreendentes.

Como se trata de uma adaptação, diversos acontecimentos da série não são iguais aos que acontecem nos livros, intensificando o drama e desenvolvendo melhor alguns personagens.

Confira algumas diferenças importantes que a terceira temporada de Bridgerton tem em relação ao livro Os Segredos de Colin Bridgerton, quarto livro da série.

Nicola Coughlan e Jessica Madsen em Bridgerton (Divulgação / Netflix)

Série abandona sequência dos livros

A primeira coisa a sé notar que é a terceira temporada não conta a história do terceiro livro, Um Perfeito Cavalheiro, mas do quarto, Os Segredos de Colin Bridgerton. Isso acontece pela dinâmica estabelecida entre Colin e Penelope ao longo das temporadas anteriores.

Nos livros, a história de amor deles acontece décadas depois dos eventos iniciais da série, com Penelope aos 28 anos, considerada uma solteirona na sociedade da época. Desesperançada em relação ao amor, ela pede um beijo a Colin, o que desencadeia uma revelação para ele sobre seus verdadeiros sentimentos por ela.

A presença da Rainha

A Rainha Charlotte não está presente nos livros originais. Sua presença serve como um contraponto à Lady Whistledown, introduzindo uma figura de poder e influência conhecida em contraste com a identidade secreta de Whistledown. A rivalidade da rainha com Whistledown pelo controle da influência social adiciona uma camada extra de tensão ao drama da série.

O escândalo de Lady Whistledown

Segundo o site Time, as fofocas de Lady Whistledown nos livros de Julia Quinn são bem menos sensacionalistas do que na versão da série, e muita coisa acaba sendo omitida.

Além disso, a identidade de Penelope como Lady Whistledown só é descoberta pelo leitor no quarto livro, Os Segredos de Colin Bridgerton, que foca em seu romance com Colin Bridgerton, enquanto na série, esse segredo é revelado já no final da primeira temporada.

Os problemas financeiros dos Featherington

Nos livros, família Featherington não enfrenta problemas financeiros significativos. Lord Featherington é uma figura viva e atuante, sem a presença de um personagem chamado Cousin Jack.

Lady Featherington concentra seus esforços em arranjar casamentos para sua filha, sem envolver-se em intrigas adicionais. A narrativa dos livros não inclui dívidas ou dramas relacionados ao título da família.

As irmãs de Penelope

No livro, Penélope Featherington tem uma irmã mais nova chamada Felicity, que é aproximadamente da mesma idade que Hyacinth Bridgerton. Lady Featherington tenta arranjar um casamento entre Felicity e Colin Bridgerton.

Penélope informa sua mãe que Colin vê Felicity como uma irmã mais nova, e Colin concorda com essa visão quando percebe as intenções de Lady Featherington.

As irmãs mais velhas, Prudence e Philippa, são descritas como não muito inteligentes, mas não são maliciosas. Nigel Berbrooke, que é casado com uma delas, é retratado de maneira diferente dos livros em comparação com a série de TV. Nos livros, ele é apenas uma pessoa irritante, não um vilão.

As palavras de Colin

No final da segunda temporada, Penélope ouve Colin dizendo a alguns cavalheiros que nunca a cortejou, o que a leva a fugir do baile. Nos livros, essa declaração é feita para seus irmãos Anthony e Benedict, o que agrava a situação devido à proximidade de Penélope com eles.

Diferentemente da série, nos livros, os irmãos percebem que Penélope ouviu a conversa e se desculpam com ela. Penélope, por sua vez, mostra firmeza e confronta Colin naquele momento.

O namoro de Francesca

Nos livros, o relacionamento de Francesca Bridgerton com John Stirling não é detalhadamente explorado, sendo mencionado mais em retrospectiva. O sexto livro, O Conde Enfeitiçado, foca na jornada de Francesca para encontrar um segundo amor.

Eloise

A temporada de estreia de Eloise não é explorada nos livros. Ela mantém uma amizade sólida com Penélope, sem conflitos significativos. Diferente da adaptação televisiva, Eloise não começa a sair com Cressida Cowper nos livros.

Sua curiosidade sobre a identidade de Lady Whistledown é presente, mas ela não toma medidas extremas para descobri-la, já que Whistledown não fala mal de sua família. Ao descobrir que Penélope é Whistledown, Eloise reage apenas com leve surpresa.

O diário de Colin

No livro, Penélope lê o diário de Colin por acaso, movida pela curiosidade e pelo tédio, sem um acordo prévio para ajudá-la a encontrar um marido. O conteúdo do diário difere entre o livro e a série: na série, o diário contém descrições explícitas das aventuras amorosas de Colin, enquanto no livro, trata-se de um relato de suas viagens.

Marina

Nos livros, Marina é uma personagem distinta daquela apresentada na série. Ela é uma prima dos Bridgerton, não dos Featherington, e sua história não envolve uma gravidez fora do casamento.

Nos livros, Marina é citada através das lembranças do seu marido Lord Philip Crane, sendo descrita lidando com a depressão e o luto, morrendo após passar por complicações pessoais.

Leia também: Psicológico e Assustador: Shaitaan é mais um filme indiano que faz sucesso na Netflix e você precisa assistir

Sergio ScarpaFormado em Administração e Psicologia, e também fez curso de desenho. Fã de games, desenhos animados, séries e filmes.
Fechar