Por que Reacher da Amazon Prime não pode adaptar ESSES dois livros da série?

A expansão do universo de Jack Reacher para o streaming pela Amazon Prime Video encontra um limitador específico: dois livros da série best-seller de Lee Child foram marcados como inacessíveis para a adaptação televisiva de “Reacher”.

A narrativa do ex-militar que se torna um andarilho, resolvendo crimes e injustiças na América, terá de seguir seu curso na plataforma sem incluir o nono livro, “One Shot”, e o décimo oitavo, “Never Go Back”.

Por que Reacher da Amazon Prime não pode adaptar ESSES dois livros da série?
Por que Reacher da Amazon Prime não pode adaptar ESSES dois livros da série?

A razão é clara: ambas as histórias já tomaram forma nas telonas com o ator Tom Cruise no papel principal. O primeiro filme, que leva o nome do protagonista e abarca a trama de “One Shot”, conseguiu não somente a aprovação da crítica mas também uma performance robusta em bilheteria.

No entanto, “Jack Reacher: Never Go Back“, que adaptou o décimo oitavo romance da série, não alcançou o mesmo sucesso, culminando no encerramento da franquia cinematográfica.

Essa escolha pela Amazon Prime Video parece respeitar o panorama estabelecido pelo cinema, mas também se preocupa com a sensibilidade dos fãs em relação à adequação de Tom Cruise para o papel.

Os devotos leitores expressaram descontentamento com a representação de Reacher por Cruise, citando uma discrepância física significativa entre o ator e a descrição do personagem nos livros, conhecido por sua imponência física.

A série de televisão da Amazon Prime Video estreou com a adaptação do primeiro livro, “Killing Floor“, e seguiu com “Bad Luck and Trouble” na segunda temporada. Demonstrando uma abordagem flexível, os roteiristas não se prenderam à ordem cronológica de publicação das obras, evidenciando a liberdade na seleção de histórias a serem trazidas à tela.

Com um portfólio de 28 romances já publicados e outro previsto para 2024, a Amazon Prime Video não sofre com a falta de fontes para adaptação. Esse acervo oferece diversas opções narrativas, permitindo à empresa continuar a atrair os fãs para suas adaptações sem precisar revisitar os capítulos já explorados pela indústria cinematográfica.

Eduardo PeresRedator da WebGo desde 2022. Gosta bastante de filmes de ação, aventura, terror e guerra, além de documentários sobre história.Gosta de passar o tempo se divertindo com jogos de simulação e estratégia ou assistindo conteúdo aleatório (preferencialmente de humor) no YouTube.
Veja mais ›
Fechar