O remake de um filme do Stephen King que pode deixar fãs de Round 6 malucos

O diretor Edgar Wright expressou interesse em fazer um remake do filme “The Running Man“, de Stephen King. O livro original foi escrito sob o pseudônimo Richard Bachman do autor e se passa em um futuro distópico onde um policial é falsamente preso e precisa competir em um jogo mortal para garantir sua liberdade.

O filme, caso seja feito, pode acabar surpreendendo os fãs de Round Six devido à sua trama semelhante à da série.

O remake de um filme do Stephen King que pode deixar fãs de Round 6 malucos

Como o filme “The Running Man” pode acabar surpreendendo os fãs de Round Six

Após o enorme sucesso da série coreana “Squid Game“, conhecida no Brasil como “Round Six”, que se tornou um fenômeno mundial, a notícia sobre um possível remake de “The Running Man atraiu bastante atenção devido a uma similaridade na trama do filme e da série.

Enquanto “Squid Game” abordou temas de opressão, corrupção e injustiça através de um jogo mortal, “The Running Man” tem o potencial de explorar temas semelhantes de uma maneira única e cativante, já que o filme (e o livro) se passam em um mundo distópico e opressor.

O livro de Stephen King já é um clássico cultuado pelos fãs do autor, mas o filme original lançado em 1987, que contava com Arnold schwarzenegger no papel principal, recebeu críticas mistas e teve um desempenho mediano nas bilheterias.

Com o talentoso diretor Edgar Wright à frente do remake, existe a expectativa de que ele possa trazer sua visão singular para a história e entregar uma adaptação mais impactante.

O que se sabe sobre “The Running Man” até agora?

O remake de “The Running Man” ainda não foi oficialmente confirmado, mas a revelação feita por Edgar Wright de que esse é o filme que ele mais gostaria de refazer certamente aumenta a credibilidade do projeto. Simon Kinberg, produtor do filme, mencionou que Wright está trabalhando ativamente no roteiro junto com Michael Bacall.

Apesar de ainda não haver uma data de lançamento confirmada, Kinberg expressou esperança de que Wright pudesse dirigir o filme no próximo ano.

O status de produção atual é pré-produção, e embora nenhum ator tenha sido confirmado oficialmente até o momento, especula-se que o remake possa trazer uma diversidade maior no elenco para abordar questões de sexualidade, raça e capacidade física de maneira mais inclusiva.

Ao explorar o mundo distópico de “The Running Man”, o filme tem o potencial de melhorar o comentário social sobre os temas abordados em “Squid Game”.

Por fim, com a experiência de Edgar Wright e seu histórico de filmes aclamados, como “Baby Driver” e “Shaun of the Dead“, os fãs e críticos podem esperar um remake que seja emocionante, intenso e cheio de reviravoltas.

Eduardo PeresRedator da WebGo desde 2022. Gosta bastante de filmes de ação, aventura, terror e guerra, além de documentários sobre história.Gosta de passar o tempo se divertindo com jogos de simulação e estratégia ou assistindo conteúdo aleatório (preferencialmente de humor) no YouTube.
Veja mais ›
Fechar